Reforço e Recuperação c/ Fibra de Carbono em Construção - SERRALHERIA PROJETO

.
.
.
.
Ir para o conteúdo

Reforço e Recuperação c/ Fibra de Carbono em Construção

Novidades:
Reforço e Recuperação de Estruturas c/
Fibra de Carbono na Construção

– Reforços estruturais em fibra de carbono;
– Recuperação de estruturas de concreto;
– Recuperação de fundações;
– Reforços em locais em que as dimensões não permitam aumentar as dimensões das estruturas, como por exemplo locais com pé direito baixo ou difícil acesso, podendo se tornar imperceptíveis em muitos casos.



O que são as Fibras de Carbono:
As fibras de carbono são provenientes da pirólise de materiais carbonáceos que produzem filamentos de alta resistência mecânica. São conhecidas desde o século XIX. Thomas Edison usou as fibras de carbono como filamentos das primeiras lâmpadas incandescentes. As primeiras fibras eram feitas de utilizando-se de bambu ou algodão enquanto as atuais têm como matéria prima básica o petróleo.
A grande utilização das fibras de carbono ocorreu após a descoberta de sua grande resistência a tração por volta dos anos 60 do século passado.
A vantagem de sua grande resistência comparativamente ao aço, e seu alto modulo de resistência trouxeram a possibilidade de soluções inteiramente novas para o mercado.
 
As Fibras de Carbono na Construção
A utilização das fibras de carbono na construção civil, de iniciativa recente (aprox. 10 anos) deverá sofrer um grande incremento a partir de agora pois as suas características permitem soluções diferenciadas e praticamente únicas em muitos casos.
A elevada resistência a tração da mesma (aprox. 10x a do aço para a mesma seção), alto módulo de elasticidade, rapidez na aplicação e seções reduzidas do material transformam o produto inigualável em uma série de aplicações.
 
As principais aplicações são:
·         Aumento da capacidade de suporte das vigas e lajes bem como de pilares em condições especiais, tais como
·         Aumento de sobrecarga de estrutura existente para novos equipamentos ou mudança de utilização.
·         Recomposição para a carga de projeto prevista inicialmente em caso de erros de projetos e/ou execução.
·         Reforços em áreas que não se pode alterar o pé direito da construção pois as suas dimensões são mínimas (menos de 1 cm).
·         Reforços em tanques e caixas d’águas circulares.
·         Reforços em ponte e viadutos.
 
3 Motivos para usar reforço estrutural com fibra de carbono
O reforço estrutural aumenta a resistência das peças de concreto armado. Esse processo é indicado quando as construções, sendo novas ou antigas, estão sujeitas a sobrecargas não previstas no projeto original. O reforço estrutural também é usado para quando há reformas na edificação que possam fragilizar a estrutura.  
O uso das fibras de carbono para fazer o reforço estrutural está em crescimento, veja 3 razões para esse fato.
 
1)      Praticidade
A aplicação das fibras de carbono é mais prática que os métodos tradicionais, pois sua aderência junto ao elemento estrutural é feita com resina epoxídica, diminuindo o tempo de aplicação do material, em apenas 24 horas após sua aplicação, o ganho de resistência já permite seu recobrimento.
 
2)      Redução do tempo de obra
O composto de fibra de carbono atinge 100% da sua resistência em apenas 7 dias, muito mais rápido que o concreto que demora 30 dias.
 
3)      Maior durabilidade
O coeficiente de dilatação da fibra de carbono é baixíssimo, esse material também possui alta resistência. A fibra de carbono possui alta resistência a todos os tipos de ataques químicos e também não sofre com a corrosão.

                      

 

.
.
.
Voltar para o conteúdo